Os petianos recebem bolsa?

  • Atualmente, o PET conta com 12 vagas de bolsistas e 6 vagas para voluntários. O valor da bolsa é equivalente a uma bolsa de iniciação científica (R$400,00). Não há distinção nas atribuições e responsabilidade dos bolsistas e não bolsistas.

Quem pode fazer parte do PET Computação?

  • Todo estudante devidamente matriculado no curso de Ciência da Computação ou Informática biomédica da UFPR. Há preferência para pessoas proativas e que tenham interesse em aprender novas tecnologias e desenvolver espirito crítico no âmbito social e da universidade.

O que os petianos fazem no PET?

  • Cada petiano é membro ou coordenador dentro os diversos projetos do PET. Além disso, auxiliamos em algumas atividades no contexto da universidade como a feira de profissões e a recepção dos calouros.

Preciso de alguma habilidade ou conhecimento específico para entrar?

  • Não. Alguns conhecimentos podem ser considerados nos editais do processo seletivo, mas não são determinantes para entrar no grupo.

Preciso ter algum rendimento acadêmico específico para entrar?

  • Não. Porém, buscamos perfis de pessoas que tenham bom rendimento acadêmico.

É necessário manter alguma condição para continuar no PET?

  • Sim. Após o ingresso no grupo, não é possível acumular mais que duas reprovações.